Catecismo: Como surgiu?

new to the catechismCom a velocidade voraz das informações hodiernas sobre o que a igreja ensina, o “Catecismo da Igreja Católica” é o nosso referencial para uma segura consulta a respeito destes ensinamentos. Mas muitas pessoas se perguntam: Como surgiu ou quem escreveu este grandioso livro com os ensinamentos da igreja?

Antes de falarmos deste atual Catecismo, é bom mencionarmos que este não é o primeiro Catecismo: o primeiro foi o “Catecismo Tridentino” (1566) por ocasião da reforma protestante, e depois, o “Catecismo de São Pio X” (1912) atualizando o supracitado para a linguagem da época – isto sem mencionar a Didaqué que é uma instrução escrita antes mesmo de alguns livros do novo testamento da Bíblia Sagrada.

Voltando a história do nosso atual catecismo, a ideia deste surgiu em um momento diferente, após a segunda guerra mundial e com o passar dos anos, eclodiram diversas questões que ameaçavam a fé das pessoas, então para que fosse suprida as necessidades da época, em 1985 os Bispos que se reuniam em um sínodo1 sugeriram ao então papa são João Paulo II para que a igreja redigisse toda a doutrina católica (fé e moral) em um único livro.

Era preciso um texto com uma nova linguagem – com a mesmas verdades de fé já claras nos últimos catecismos – que possa responder aos desafios modernos. O então papa “comprou” esta ideia e em 1986 confiou esta missão à uma comissão de doze Cardeais e Bispos, liderada pelo então Cardeal Joseph Ratzinger (papa Bento XVI), comissão esta, que supervisionaria uma outra comissão de redação composta por alguns Bispos, e, peritos em teologia e em catequese. 

Mas o desejo do papa não era que “apenas” estas pessoas redigissem o catecismo, mas sim os bispos do mundo inteiro! Sim, os Bispos do mundo inteiro deveriam mandar seus contributos a esta comissão chefiada por Ratzinger, que alguns anos depois já como papa Bento XVI, admitiu: “[...]duvidei que isto fosse exequível. ”, continuava o papa:

“Como seria possível pessoas que vivem em diferentes continentes, não apenas geográficos, mas intelectuais e espirituais, conseguir juntas um texto que tivesse coesão interna e fosse compreensível em todos os continentes? ”

Realmente, havia muitas diferenças que concorriam contra este trabalho, porém havia algo maior a favor: a sinfonia da fé!

Após seis anos de intenso trabalho, em 1992, finalmente saiu a primeira versão do Catecismo da Igreja Católica em francês (todos na comissão de redação falavam bem a língua), após isto, esta versão passou por algumas revisões feitas pelas igrejas do mundo inteiro, para aí sim, em 1997, resultar em uma última versão típica latina do Catecismo da Igreja Católica, que é a que temos hoje em mãos!

Fiquem com Deus!

Rafael

¹ O termo sínodo vem da língua grega, que significa caminhar juntos. Sínodo, em suma, é uma reunião convocada geralmente por um bispo para tratar um tema específico.

Fontes:

- Constituição Apostólica Fidei Depositum;
- Catecismo da Igreja Católica;
- Youcat;
- http://www.pr.gonet.biz/kb_read.php?num=476 (acesso em 10/11/2015)