Papa Francisco critica aumento das penas para Diminuir as incidencias do crime

papa francisco 31O papa Francisco criticou o aumento das penas como forma de combater o crime e a violência no mundo. "Endurecer as penas não leva à diminuição da delinquência", disse o pontífice em carta enviada à Associação Latino-americana de Direito Penal e Criminologia.
Segundo o papa, endurecer as penas "pode gerar graves problemas para as sociedades, como são as prisões superlotadas ou presos detidos sem condenação".
Francisco também defendeu que haja um aumento da oferta de trabalho dentro das prisões.
Papa Francisco participa de audiência com cerca de 5.000 integrantes da imprensa, no Vaticano Leia mais AFP
"Seria um erro identificar a reparação somente com o castigo e confundir a justiça com a vingança, o que somente contribuiria para aumentar a violência, ainda que esteja institucionalizada", escreveu o pontífice.
Francisco também pediu mais atenção à situação das vítimas: "Em nossas sociedades, temos a tendência a pensar que os delitos se resolvem quando se encarcera e condena a um delinquente, deixando de lado os danos cometidos ou sem prestar suficiente atenção à situação em que ficam as vítimas".

Fonte: Site UOL